Sobre Cica Fittipaldi

Nasceu em São Paulo. Estudou Desenho e Plástica na Universidade de Brasília, 1972-1976. Mestre em Cultura Visual, Universidade Federal de Goiás, 2005. Professora de Ilustração e Design Editorial na Faculdade de Artes Visuais da Universidade Federal de Goiás, desde 1993. Consultora do MEC – Ministério da Educação e Cultura / PNUD – Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento – Educação Indígena na área de Comunicação e Arte.

Como autora e ilustradora da Série Morená, Editora Melhoramentos, recebeu o prêmio APCA – Associação Paulista de Críticos de Arte, em 1986. Como ilustradora da Série Bichos da África, Editora Melhoramentos, recebeu o Prêmio Jabuti. Dessa fase possui obras traduzidas e publicadas para o México, Argentina, Venezuela, Alemanha e Estados Unidos. Prêmio Jabuti de Ilustração, 1990, com o livro Tucunaré, Editora FTD. Foi nomeada para o Prêmio Hans Christian Andersen em 1995, FNLIJ / Ibby.  Prêmio Jabuti de Ilustração, 2014, com o livro “Naninquiá, a Moça Bonita“, editora DCL. Indicada brasileira para o Hans Christian Andersen Award – Illustration, 2015/2016.

Participou das exposições: Bienal de Ilustração da Bratislava 1985 e 1987 e Bienal Internacional de São Paulo, 1988. “Brazil, a feast for the eyes”, Feira do Livro de Frankfurt, 1994, “Brazil, a Bright Blend of Colours”, Feira de Bolonha, 1995 e Feira de Gottemburg, 1996. Seminário Internacional de Ilustração, Banco del Libro, Caracas, 1996. Mostra “Traçando Histórias”, Porto Alegre, 2004, 2006 e 2008. “Le immagini della fantasia”, Sàrmede, 2007. Membro do Júri Internacional da Bienal de Ilustração da Bratislava, 2009. Mostra “Linhas de Histórias – panorama do livro ilustrado no Brasil”, São Paulo, 2011. FLIP – Festa Literária Internacional de Paraty, 2011 e Feira Internacional do Livro de Bogotá, 2012. “Brazil, Countless Threads, Contless Tales”, Exposição na Feira de Bolonha, 2014 / Bibiloteca Nacional do Rio de Janeiro, 2015.

Anúncios